Fundado em 1986

logo

Um jornal a serviço
da Cidade de São Paulo
 
Acontecendo
Esporte
Moda
Saúde
Edições on line
Home
Contato
 
Agentes da CET e funcionários das
Prefeituras Regionais terão novos uniformes
O valor estimado na doação dos uniformes foi de R$ 3 milhões
O prefeito João Doria apresentou nesta quinta-feira (8) os novos modelos dos uniformes dos agentes de trânsito da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e dos funcionários das praças de atendimento das 32 Prefeituras Regionais. Serão distribuídos mais de 2 mil kits com um total de 54.500 peças viabilizadas por meio de uma parceria com o Sinditêxtil SP e a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT),  que reuniram diferentes empresas do setor para a doação dos materiais e a confecção dos uniformes, sem contrapartidas para o município.

“Nós iremos seguir com esse programa de busca por doações para garantir tudo o que for necessário para melhorar a vida dessas pessoas, que prestam serviços para a população da cidade. Quero agradecer o apoio das indústrias e empresas que estão cooperando”, afirmou o prefeito, que ressalta a importância para a capital de parcerias com as empresas e se coloca à disposição de outros representantes da iniciativa privada que desejarem contribuir com a cidade.

O valor estimado da doação é de R$ 3 milhões. A Prefeitura optou por um tecido mais leve e moderno, que permite mais conforto para os funcionários, levando também em consideração as condições climáticas da cidade.

Os uniformes são assinados pela estilista Milena Satyro, que os criou pensando no bem-estar dos funcionários. “Desenhar estes uniformes já era um sonho antigo que eu tinha. Eles são agentes que protegem e estão em seus postos de trabalho para cuidar das pessoas. Por isso, eu busquei fazer com que eles se sintam mais confortáveis para esticar os braços, agachar, agregando a segurança e ressaltando a importância do trabalho deles”, disse Milena Satyro.

Serão 293 kits distribuídos para os funcionários das praças de atendimento das Prefeituras Regionais, com peças nas cores azul marinho e azul claro. Os kits contam com três calças de sarja, jaqueta, um suéter e um par de sapatos. Os femininos contam com duas camisas manga longa, duas de manga curta e duas saias. Já os masculinos têm quatro camisas de manga longa.

Para a CET, serão 1.739 kits com duas calças de sarja, duas camisas manga curta, uma de manga longa, duas camisetas que podem ser usadas como segunda pele e um par de botas pretas. Também estão previstas jaquetas de inverno, para motociclistas, bonés, bermudas, além de jaquetas e calças de chuva. Com o objetivo de dar mais visibilidade e segurança aos agentes, além de atender aos padrões internacionais, os antigos uniformes serão substituídos pela cor amarela.

Participaram da doação dos uniformes das Prefeituras Regionais as empresas Bivik, DL, Kabriolli, Lorsa, Paramont, Pixie, Malharia Vitória e Única. Já os da CET foram doados pela Capricórnio, CHT, DM Refletivos, Hyosung, Ideal, Irmãos Perfeito, Leal, Moais, MN, Única, Vectra e Vicunha. Estas empresas foram responsáveis pela doação dos tecidos, calças, camisas, zíperes, ingredientes de tingimento, botões, faixas refletivas, faixas fluorescentes, sapatos, suéteres, saias, entre outros. A Couromoda fez a doação dos calçados em nome das indústrias de calçados de Franca.

“É um uniforme que tem estilo e ao mesmo tempo é muito confortável. É uma roupa que garante também que nós tenhamos segurança para prover segurança para os cidadãos e assim ajudar melhor as pessoas”, disse o agente da CET, Marcelo Borges.

A estimativa é que os uniformes comecem a ser distribuídos para os funcionários das Prefeituras Regionais a partir de julho e, em setembro, para os agentes da CET.

SPNegócios
A doação dos novos uniformes teve a coordenação e a participação da SPNegócios. Cabe ao órgão identificar e articular oportunidades de investimentos nos setores econômicos definidos como estratégicos pelo Poder Executivo, como a exportação de produtos e serviços das empresas do município.

O órgão também é responsável por atrair novos investimentos, nacionais e estrangeiros, articular parcerias institucionais, públicas e privadas, para estimular investimentos no município, além de potencializar a imagem da cidade no Brasil e no exterior como polo de realização de negócios.

Para o cumprimento do seu objetivo, a SP Negócios pode celebrar convênios, contratos, ajustes e parcerias com pessoas físicas e jurídicas de direito público e privado, nacionais, estrangeiras ou internacionais, atendidas as exigências do contrato de gestão.
 
 

 


 
Geraldo Alckmin autoriza licitação das
obras da rodovia Raposo Tavares
Alckmin durante a assinatura do edital para obras de modernização da Rodovia
O governador Geraldo Alckmin autorizou edital para obras de modernização da Rodovia Raposo Tavares (SP-270). Dividido inicialmente em quatro lotes, as melhorias beneficiam diretamente uma população de quase 180 mil habitantes de seis cidades. A rodovia terá melhorias desde Ourinhos, passando Piraju, Bernardino de Campos, Ipaussu, Chavantes até Canitar.

A assinatura do documento aconteceu nesta segunda-feira (31) no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo. “Queremos começar as duas obras ainda esse ano, tanto a de Ourinhos a Piraju como de Itapetininga para Piraju”, explicou o governador.

“E em questão de semanas, tendo o aval do Banco Mundial, já publicar o último lote de Piraju até Itapetininga. Teremos, ao todo, 204 km de obras, R$ 805 milhões de investimentos. Será, depois do Rodoanel Metropolitano, a maior obra rodoviária do Estado de São Paulo e estratégica para o desenvolvimento. Agronegócio, indústria, turismo, serviços, vai gerar 1.240 empregos na obra, melhorar o e ISS de todas as prefeituras ao longo da rodovia”, ressaltou Alckmin.

A partir da assinatura, o DER disponibiliza o edital na terça-feira (1º), sob as regras da modalidade Licitação Pública Internacional (LPI), às empresas interessadas no certame. Além de jornais de grande circulação e o Diário Oficial do Estado, o site da United Nations Development Business, de Washington, também fará a publicação do edital. A abertura dos envelopes contendo as propostas e preços está marcada para o dia 29 de setembro.

As obras na Raposo irão gerar 310 empregos diretos e 930 indiretos e estão divididas em um total de oito lotes. Nestes, o governo do Estado realizará investimentos que ultrapassam R$ 800 milhões.

O valor orçado dos quatro lotes anunciados nesta primeira etapa da licitação é de R$ 302,8 milhões. Já o investimento na segunda etapa foi estimado em R$ 515,8 milhões. O montante é financiado pelo Banco Mundial, o Bird e pelo Banco Santander S/A. Ainda tem a garantia da Miga (Agência Multilateral de Garantia de Investimentos).

A expectativa é que as benfeitorias na Raposos Travares sejam iniciadas ainda em 2017. As empresas interessadas deverão ainda apresentar uma “Garantia de Manutenção da Proposta”, que demonstrará indício de segurança econômico-financeira do licitante. O valor somado da garantia nos quatro lotes é de R$ 5,9 milhões.

Os quatro primeiros lotes compreendem o trecho do km 295,4 ao km 373. Nestes 77,6 quilômetros de extensão serão realizados serviços para a recuperação da pista. Obras que vão desde acostamentos, implantação de faixas adicionais em locais específicos, melhorias nos acostamentos, sistema de drenagem até serviços para revitalização completa da sinalização.

 

 

 
noticiassp
Click e veja on line
preferencial