Fundado em 1986

logo

Um jornal a serviço
da Cidade de São Paulo
 
Acontecendo
Esporte
Moda
Saúde
Edições on line
Home
Contato
 
Sarau gratuito reúne diferentes estilos
musicais em zona norte de São Paulo
Evento imperdível e gratuíto na região da Zona Norte (SP)
Em clima de fim de ano, o “Música no CIC Norte”, que busca resgatar a cidadania dos moradores de bairros de periferia por meio da música, realizará no dia 15 de dezembro, das 14h às 17h, o Sarau Musical Especial Fim de Ano no CIC (Centro de Integração a Cidadania) Norte Jova Rural. O evento que será aberto ao público é totalmente gratuito, conta com uma programação que reúne diversos ritmos musicais e bandas formadas pelas turmas que realizam os cursos de canto, guitarra, violão e percussão oferecidos pelo projeto.
Apresentando um repertório variado, a programação contempla músicas afrobrasileiras, MPB, pop, bossa nova, erudita e rock nacional e internacional. As bandas dos estudantes do projeto apresentarão alguns clássicos de grandes artistas da nossa cultura brasileira como: Alceu Valença, Gilberto Gil, Nando Reis, Capital Inicial, Sandra de Sá e muitos outros! Além da apresentação dos alunos, outros artistas foram convidados para participar do evento.
Pensando nos moradores, o Sarau Musical visa levar o entretenimento e a integração a quem reside próximo da região, com a finalidade de instigar a percepção da música como forma de cultura, cidadania e lazer. Para os estudantes e participantes do projeto, o evento é uma oportunidade para praticar tudo o que aprenderam, como presença de palco, desenvoltura corporal, ritmo, percepção de tempo, manuseio dos instrumentos, sonoridades, carisma e dinamismo com o público. Assim como o Sarau Musical, o “Música no CIC Norte” foi idealizado inicialmente pela banda “De Um Jeito Casual” integrados por Wellington, Felipe, Thiago e Bruno. Juntos eles buscam compartilhar o conhecimento e oferecer mais proximidade da arte a todos os simpatizantes da música. Após o termino do Sarau será distribuído alguns comes e bebes para aqueles que estiverem presentes no evento, fazendo assim a interação dos participantes se tornar mais efetiva!

O projeto também se empenhou na revitalização da Arena CIC Norte, que tem capacidade para aproximadamente 400 pessoas, foi feita uma nova pintura, reforma na parte elétrica e a cobertura do palco, com a verba disponibilizada pelo programa Vai.
“Entendo a música como forma de cidadania para os moradores de periferia. O sarau será um momento de lazer aos moradores e mais aprendizado aos nossos estudantes”, explica Wellington Palmieri, violonista da banda e hoje Preponente de um dos projetos do VAI ll.
Desde agosto de 2017 o projeto “Música no CIC Norte” vem gerando grandes resultados. Os professores junto com os alunos, já foram convidados para realizar apresentações em universidades e centros de estudos de São Paulo. O projeto, que foi contemplado pelo programa VAI (Valorização de Iniciativas Culturais) beneficia não só moradores de Jova Rural, mas também de regiões mais próximas.
Infomações dos Saraus Musicais no CIC Norte:
Onde: CIC Norte Jova Rural– R. Ari da Rocha Miranda,36- Jova Rural– Jaçanã
Quando: Sábado – 15 de dezembro de 2018
Horário: 14h às 17h
Quanto: Gratuito
Conheça o projeto Música no CIC Norte:

O Música no CIC Norte oferece oficinas e saraus gratuitos e tem o objetivo de resgatar a cidadania dos moradores da periferia de São Paulo por meio da música. Idealizado por Wellington Palmieri, violonista e estudante de psicologia e hoje Preponente de um dos projetos do VAI II, o projeto conta também com o apoio de Otaviano Doralice, Musicoterapeuta e Psicóloga; Felipe Ferreira, professor de guitarra e estudante de jornalismo; Mirna Domingos, Professora de Canto e Musicoterapeuta; Thiago Araújo e Bruno Ataíde, professores de Percussão. O grupo leciona e realiza projetos musicais desde 2011.
O projeto é contemplado pelo programa VAI (Valorização de Iniciativas Culturais), portanto, conta com apoio financeiro e integral da secretaria da cultura para um bom desempenho.
Autor do Release : Felipe Oliveira Ferreira

 
 
 
 
Distritos das zonas Leste e Sul terão vacina
de febre amarela fracionada antecipadas
O fracionamento da dose segue os padrões da Organização Mundial da Saúde

A expectativa é imunizar 8,3 milhões de pessoas no Estado de São Paulo, referente ao público-alvo da campanha, sendo que 6,2 milhões receberão a vacina fracionada. Porém, o Governo do Estado já solicitou mais 1 milhão de vacinas, fora da campanha. “É importante não ter pânico, nem correria, toda a população deverá ser vacinada até o final do ano”, alertou o governador.

Alckmin lembrou que o Estado não registra nenhum caso de febre amarela urbana desde 1942. Os últimos casos anunciados são de febre amarela silvestre.
Os sintomas da febre amarela

A febre amarela é marcada por sintomas como dores nas costas, no abdômen ou nos músculos, calafrios, fadiga, febre, mal-estar ou perda de apetite. A doença também pode causar enjoo ou vômito e delírio, e é comum dores de cabeça, pele e olhos amarelados ou até mesmo sangramento.

Porém, a avaliação médica é sempre imprescindível para um diagnóstico mais preciso e o tratamento mais adequado.


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
supervisao
preferencial
jornal
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Jornal Notícias SP; Um veículo de comunicação a serviço da Cidade de São Paulo